Grande Loja Unida de Inglaterra (UGLE): Orientações Gerais para o retomar das Reuniões Maçónicas

Uma declaração conjunta de:

  • O Grande Secretário, Grande Loja Unida de Inglaterra

  • O Grande Escriba E, Grande Capítulo Supremo da Inglaterra

  • O Grande Secretário do Mark Masons’ Hall

Orientações Gerais

  1. A todo o momento, deve ser incentivado o uso criterioso de senso comum.
  2. As orientações governamentais prevalecentes (Reino Unido, País de Gales ou Escócia, conforme apropriado) devem ser seguidas, além das regras locais das entidades gestoras dos Templos Maçónicos, etc.
  3. Não devem ser usadas luvas descartáveis / médicas. São muito mais propensas a espalhar o vírus (se houver algum), a menos que sejam usadas correctamente, tal como são em circunstâncias médicas por profissionais treinados. Lavar as mãos regularmente e evitar tocar no seu rosto, são muito mais eficazes.
  4. Na ausência de orientação definitiva do Governo, os membros que desejem usar máscaras durante as reuniões devem fazê-lo.
  5. Ninguém, particularmente membros idosos ou vulneráveis, se deve sentir coagido a participar em reuniões, independentemente da sua função.
  6. O número actual, absoluto e máximo de membros autorizados a participar fisicamente numa reunião em Inglaterra será de 30, mas diferentes limites podem ser aplicados noutros locais. Este limite será determinado pela orientação do Governo e pelos regulamentos estabelecidos pelo Templo Maçónico ou outro local da reunião, considerando, por exemplo, as dimensões dos espaços para reuniões, ventilação relativa etc.
  7. No caso de uma reunião estar sobrecarregada, a Loja / Capítulo / ou Unidade equivalente deve decidir quem participa e deve fazê-lo de forma equitativa.
  8. Os membros que estão indispostos ou que o estiveram recentemente e aqueles que estão sob orientação para se auto-isolarem, não devem comparecer às reuniões.
  9. Por enquanto, não haverá canto nas reuniões.
  10. Não haverá Actividades Festivas após as reuniões. Actualmente, as orientações não permitem refeições em massa, mas assim que as orientações mudarem para permitir isto, as refeições poderão voltar a ser realizadas.

Tradução de António Jorge

Fonte

Artigos relacionados

Partilhe este Artigo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *