Pedido de cancelamento de Iniciação por casamento do mesmo sexo

O conteúdo deste artigo foi retirado após solicitação formal do Procurador Geral do Grande Oriente do Brasil, Sr. André Luiz Lima Storni Rocha.

O texto dizia respeito a um requerimento que foi apresentado solicitando o cancelamento da iniciação de um profano, por o mesmo se encontrar legalmente casado com um indivíduo do mesmo sexo.

Artigo actualizado em 05.03.2020. Segundo a página de notícias Metrópoles,

“O ingresso de um empresário paulista na maçonaria tem provocado discussões acaloradas entre os membros da maior sociedade secreta do país. O motivo? O postulante a um posto na instituição é casado com outro homem desde 2017.

O empresário foi “iniciado” em uma unidade da maçonaria em São Paulo (SP) no fim do ano passado. A admissão dele, no entanto, foi alvo de denúncia à mais alta instituição maçônica.

Um integrante do grupo, de Paranaguá (SP), alertou as autoridades sobre o que considerou como “descumprimento” das normas da instituição secular e pediu o “cancelamento da iniciação” do empresário, o que, na prática, significa a expulsão dele da sociedade secreta.

O argumento utilizado na denúncia, e acatado pela Procuradoria-Geral do Grande Oriente do Brasil (GOB) – principal ramo da maçonaria nacional –, é que as normas da instituição preveem que o candidato ao ingresso na sociedade secreta precisa ter “a concordância da esposa ou companheira”.

“Cumpre ressaltar que o legislador maçônico não deu interpretação extensiva quando limitou o ingresso de candidato ao prévio consentimento da mulher ou companheira. Não consta no texto as expressões marido ou companheiro por questões óbvias, seja por que não se admite o ingresso de mulher, seja por que também não foi previsto o ingresso de homens casados ou em união estável com pessoa do mesmo sexo”, diz trecho do parecer ao qual a Grande Angular teve acesso.

O documento cita, ainda, a chamada Constituição Anderson, que é o conjunto normativo que regula a maçonaria francesa desde 1723. “As pessoas admitidas na qualidade de membros da loja devem ser homens bons e leais, de nascimento livre, de idade madura e razoável, de boa reputação. São proibidos na maçonaria escravos, mulheres e homens imorais, cuja conduta seja motivo de escândalo.”

O parecer conclui que “a permissão do ingresso de homossexuais, pessoas casadas com outras do mesmo sexo e transexuais não se coaduna com os princípios essenciais e fundamentais da maçonaria e contraria o regramento interno da instituição”.

Além disso, argumenta que negar acesso ao empresário por estar em um casamento homoafetivo “não constitui crime de racismo ou discriminação ante a falta de previsão na Lei n° 7716/89 de que a não aceitação dessas pessoas em associação de caráter privado e de natureza exclusiva se constituirá em prática criminosa”.

O original do artigo citado, bem como um extracto do parecer do Grande Oriente do Brasil (GOB) podem ser lidos AQUI.

Artigos relacionados

Partilhe este Artigo:

46 Comentários em “Pedido de cancelamento de Iniciação por casamento do mesmo sexo

  • Avatar

    Meus irmãos,
    O problema não está na opção sexual. Está na porcaria de sindicância que foi feita, melhor, nas porcarias de sindicâncias.
    Isto mostra o quanto é frágil o processo.
    O problema ali é o homossexual, mas e os indivíduos de caráter duvidoso que foram iniciados? Os corruptos? Aquele que disputa racha indo pra loja? Que mete o braço na esposa? Aquele que ignoramos os desvios fortes de caráter porque eram amigos do futebol, da cervejinha?
    Tivemos diversas vezes exemplos, mas sempre fomos ignorando. Aquela conversa com os manos mais chegados para não pipocar de pretinhas no saco e deixar de fora aquele brother que achamos que a escola maçônica vai endireitar…
    Está ai o resultado!
    No mais um TFA daqueles.

    Reply
  • Avatar

    Vamos aos fatos a partir do texto publicado nas minhas modestas conclusões:
    Fatos:
    a) A iniciação deu-se em 2019 ;
    b) O casamento ocorreu em 2017;
    Questões Legais:
    Principal – Não há um padrinho que o apresentou, e sob juramento afirma conhecer o proponente que indica ? Não deveria o referido apresentante responder, também, como perjuro ?
    a) Não foi feita uma sindicância, formal, anterior à iniciação ?
    b) No questionário não há uma pergunta sobre seu estado civil ?
    c) Se informou ser casado, a esposa não deveria ter sido consultada, regra geral ?
    d) O Sindicante não conversou com a “esposa” ? O Sindicante não jurou fidelidade às perguntas ?
    e) Se não informou ser casado (não importa com que gênero), mentiu, e isto obsta sua continuidade na ordem a partir do conhecimento do fato por parte da instituição, podendo ser a mesma cancelada com a expulsão do iniciado, não por ser casado com outro homem, mas por mentir nas informações, que jurou serem verdadeiras.
    Conclusão:
    Entendo que deve ser expulso por ser perjuro.
    Ao fato concreto:
    a) É requisito básico que se casado, a esposa (gênero feminino) deverá concordar com a iniciação sob pena de nulidade. Não há a figura esposo, pois também é regra geral que mulheres não iniciam na maçonaria. Entendo que os textos Constitucionais devem sofrer profunda revisão, dada esta nova realidade de relações conjugais (reconhecidas por lei) deixando clara esta condição, sem entrelinhas e possibilidade de entendimentos diversos.

    Reply
  • Avatar

    Meus IIr.’. cada sociedade se coaduna com seus adeptos, cada um que procura uma sociedade busca seu semelhante, corsas não convivem com leões, são valores pertinentes a sua índole e costumes que dão a sobrevivência a sua sociedade. Não podemos entrar em uma sociedade de seres contrários a nossa índole se não corremos o risco de ser rechaçados. Nosso time de futebol não aceita um torcedor com a camisa do outro time. “Busca a verdade e a verdade vos libertara” TFA

    Reply
  • Avatar

    “Na época em que a Ordem existia na sua mais pura essência” os bons costumes incluíam a ESCRAVATURA, o absolutismo, a menoridade mental e física da mulher, o voto restrito a uma única classe de indivíduos, a isenção do pagamento de impostos à nobreza e às igrejas… etc., etc. Felizmente, a Maçonaria evoluiu com a civilização, não ficando parada no tempo. Quanto à homossexualidade que tanto perturba o meu Irmão, a sua exclusão era devida à ignorância – e aos fulminantes mandamentos religiosos e obscurantistas – contra a qual e os quais a NAO tem vindo, e muito bem, a combater. Fico estupefacto ao ver esgrimir argumentos que esquecem que a Maçonaria é uma Ordem PROGRESSIVA.

    Reply
  • Avatar

    Maçonaria é uma ordem antiquíssima, com normas rígidas e imutáveis baseadas nos Landmarks. Por isso é viva até hoje, e é por causa do contrário disso que muitas instituições que começam bem vão à ruína com o tempo: se deixam penetrar com as mudanças de cultura, que vem se deteriorando e consumindo tudo que consegue convencer. Maçonaria foi, é, e torço pra que continue sendo para HOMENS, livres e de bons costumes. Se na época em que a ordem existia em sua mais pura essência, os bons costumes não incluíam a prática do homossexualismo, porque de repente tal prática será vista como algo correto e saudável? Se alguém não possui perfil por causa das regras para ser aceito, que respeite, assim como a própria maçonaria não se desloca de seu lugar para se manifestar contra ou atacar divergências alheias. Resumindo, não aceita e pronto! Se não é como a ordem precisa, mas mesmo assim quer entrar, procure se adequar para ser reconhecido como tal.

    Reply
    • Avatar

      “Na época em que a Ordem existia na sua mais pura essência” os bons costumes incluíam a ESCRAVATURA, o absolutismo, a menoridade mental e física da mulher, o voto restrito a uma única classe de indivíduos, a isenção do pagamento de impostos à nobreza e às igrejas… etc., etc. Felizmente, a Maçonaria evoluiu com a civilização, não ficando parada no tempo. Quanto à homossexualidade que tanto perturba o meu Irmão, a sua exclusão era devida à ignorância – e aos fulminantes mandamentos religiosos e obscurantistas – contra a qual e os quais a NAO tem vindo, e muito bem, a combater. Fico estupefacto ao ver esgrimir argumentos que esquecem que a Maçonaria é uma Ordem PROGRESSIVA.

      Reply
      • Avatar

        Justo e Perfeito… nao é aceito

      • Avatar

        A liberdade no pensar deve ser, e sempre será, um atributo do maçom, mesmo que não haja concordância. Os landmarks deixam claro que, para ser iniciado, o candidato não pode possuir defeitos físicos, certamente pela origem operativa da Maçonaria. Bem, tenho um filho que, aos treze anos, foi aceito na Ordem Demolay, embora seja cadeirante por conta de uma paralisia cerebral. Ele adora sua Ordem e se vê como futuro maçom. Só que não será e eu, possuo data de validade na Ordem Real: quando ele fizer 21 anos e souber que não poderá ser um maçom, eu terei que pedir demissão da Maçonaria, porque jamais frequentarei um local onde meu filho não seja aceito, não obstante sejamos especulativos e não mais operativos. Embora ele seja um menino exemplar, cuja alma é de maçom. Faço este relato porque, embora respeite nosso Estatuto, Landmarks e Códigos, vejo uma necessidade global de se rever alguns conceitos. Conheço, dentro da Ordem, pessoas que sequer eu contrataria para trabalhar comigo, pelos seus comportamentos inadequados e que não deveriam, jamais, pertencer à Ordem. Por outro lado, conheço pessoas que contrariam nossa formação e que possuem postura reta de um verdadeiro maçom. Ou seja, temos iniciados que não são maçons e não iniciados verdadeiros maçons pelos comportamentos que adoram em suas vidas. Enfim, muita coisa precisa ser repensada!

    • Avatar

      Vejo que a minha resposta não foi publicada… Existe censura, na Maçonaria brasileira?

      Reply
      • Avatar

        Não… Não existe censura, mas os comentários são desbloqueados manualmente. Cumprimentos

  • Avatar

    Vejo que Portugal está muito mais adiantado, também nisso… A questão da sexualidade de cada Irmão não é posta, NUNCA. Há homossexuais no Grande Oriente Lusitano, e isso é visto como uma não-questão. E não percebo como ainda há quem – e percebo ainda menos em maçons – fale de… opção. Opção implica alternativa e escolha, e apetece-me sempre perguntar quando é que um heterossexual optou pela sua orientação, ou a escolheu.

    Reply
  • Avatar

    Ridículo.
    Maçonaria é pra homens héteros e ponto.

    Reply
    • Avatar

      Fala isso para o Irmão Senador Nelson Trad Filho kkkkkkkkkkkkk

      Reply
  • Avatar

    É errado ,Para mim eles em si não espressa confiança ,sou observado ,todos que vi falava demais …

    Reply
  • Avatar

    Fico me perguntando. 1° que irmão e esse que indica um cara casado com outro homem e ele não sabia.? 2° Quem fez essa sindicância não viu isso? 3° Foi lido em loja e ninguém percebeu nada? De duas uma, ou são coniventes ou negligentes. Nos 2 casos e preocupante e cabe uma câmara do meio.

    Reply
  • Avatar

    Meus Irmãos, um tema que mexe mais com as paixões do que com a racionalidade. Contudo, as expressões “opção sexual”, “criação divina”, “bons costumes”, “Lei Divina” apenas demonstram, com todo meu respeito, desconhecimento do tema. Qualquer médico ou psicólogo pode esclarecer e dizer que homossexualidade NÃO É opção, nem falta de caráter, má conduta ética ou qualquer coisa desse tipo. É uma predisposição tão inata quanto o é a heterossexualidade. Como é minoritária é diz respeito à sexualidade, um tema tabu entre nós, passa a ser estigmatizada e discriminada, para sofrimento enorme dos próprios e seus familiares. Mas, como bem o disse um Ir.’. acima, a Maçonaria inicia homens “livres e de bons costumes”. Há gays livres e de excelentes costumes. Conheço vários e INCLUSIVE NA MAÇONARIA, onde, infelizmente, têm que esconder sua condição. Profissionais de valor, Irmãos excelentes, companheiros admirados e…escondidos pelo medo do preconceito numa instituição que JURA COMBATER OS PRECONCEITOS. Na verdade, somos piores que os gays, pois somos perjuros; e juramos com a mão na Bíblia e em nome de Deus (para aqueles que falam em Lei Divina). Abraço tríplice e fraterno.

    Reply
    • Avatar

      Francisco Pucci,
      Fiquei muito orgulhoso com seu texto! Você disse exatamente o que eu sempre falo. Não é opção, e sim condição! Já nascemos condicionados a isso. Ninguém escolhe ser gay. É uma burrice pensar que a pessoa opta ser gay e encarar uma sociedade preconceituosa. Cresci em um meio extremamente heterossexual, então sou prova viva de que não existe influência de meio como as pessoas ignorantes insistem em afirmar.
      Como digo, meus pais não criaram um filho para se tornar gay, e sim criaram um filho para ser um homem honrado. A minha sexualidade não tem nada haver com isso.

      Reply
  • Avatar

    Queridos Irmãos, penso que antes de julgarmos essa situação, deveríamos buscar a Verdade originária da palavra Iniciação e só depois de compreendê-la profundamente, analisaríamos a questão dos aspectos formais vigentes. Entendo que nossa Ordem não conhece ao certo suas próprias origens e muito menos do que deveríamos fazer dentro delas como verdadeira Iniciação. Portanto, busquemos a Essência de nossas Almas para depois investigarmos suas manifestações exteriores. TFA!

    Reply
    • Avatar

      E o que fazer com os casos de irmãos.’. que foram iniciados há anos sem nunca ter comentado sua ideologia de género?

      Reply
  • Avatar

    Família tudo aquilo que gera proli ou seja um homem + uma mulher = filhos que por sua vez e igual a família , homem + homem = a luta de MMA , sem chance não deveríamos nem discutir o assunto e tenho DITO .

    Reply
    • Avatar

      Não existe nada que diz que um maçom deve constituir familia e ter filhos!

      Reply
  • Avatar

    Entendo que não deveria nem ter sido indicado ou se indicado o processo não evoluir, o mundo está de cabeça para baixo, devemos preservar nossa instituição….

    Reply
    • Avatar

      Parabéns a decisão do GOB que está de acordo com os seus regulamentos, regimentos e Constituição, sem ferir a Carta Magna, e extremamente bem fundamentada. Há várias lojas e potências que possuem regulamentos laicos e progressistas, havendo inclusive a iniciação de mulheres, permitindo ao candidato a plena liberdade de escolha. Me questiono qual o real sentido de um casal que possua o mesmo gênero insistir em querer casar-se na Igreja Católica Apostólica Romana? Acredito que devemos observar os porquês. A GLUI realizou uma orientação às suas Lojas que não tem relação com o fato elencado acima. A Maçonaria nos Ensina que devemos SUBMETER os nossos desejos e vontades inferiores, e só após talvez sejamos capazes de realizar Progressos, transformando o VELHO Homem, em um Novo Homem .( O segundo Templo). A maçonaria não é uma Ordem inclusiva, é: “uma Severa Escola de Disciplina” conforme encontramos no Rito de York, patenteado no século XVIII nos EUA. O resto se resume em falsas e tendenciosas narrativas. A Maçonaria é uma Ordem Secular que preza a Pátria, as Leis, a Família e os Bons Costumes, mantendo a Crença no GADU.

      Reply
    • Avatar

      Concordo com o comentário em que conceitua muito bem o que vem a ser família: homem, mulher, filho. Em nosso meio é inadmissível homem com homem, ponto. A considerar normal essa aberração, pode-se afirmar que estamos indo contra a natureza. Até porque se todos os homens se tornassem gays e mulhres, lésbicas; em 100 anos a espécie humana estaria extinta.

      Reply
    • Avatar

      Na minha ótica, os irmãos que fizeram alusão ao casal de homem + mulher = a filhos que é = FAMÍLIA; essa e a ordem natural. Se depender de meu aval (bola preta) em todos que pretenderem iniciação na ORDEM MAÇÔNICA, se for preconceito de minha parte continuarei assim em toda a minha existência no globo terrestre.

      Reply
  • Avatar

    Boa noite meus irmãos na minha opinião também sou contra. Acho que temos que respeitar a Lei Divina pra isso Deus criou o homem e a mulher acho que temos que respeitar a nossa família e a Ordem

    Reply
  • Avatar

    Boa noite meus IIr.’.
    Matéria bastante intetessante.
    Mas na minha visao, não tenho nada contra a homosexualidade e nem a opção sexual de ninguém, pois cada pessoa tem o livre arbítrio, para escolher o seu caminho.
    Porem nossa Ordem deve manter, valorizar e respeitar as tradições Seculares e não nos deixarmos, ser levados pelas modernidades em que tudo pode e é considerado Normal.
    TFA

    Reply
  • Avatar

    Bons costumes…. maçonaria só existe devido a tradição. Para ser maçom deve ser livre e de BONS COSTUMES.

    Reply
  • Avatar

    A homossexualidade se apresenta de diversas formas para o homem e para a mulher.
    Conheço homens gay, ou seja, que demonstram preferências por outros homens e que se portam com discrição e respeito, sem que nada o denigram na relação social com as demais pessoas. A esses tipos não consigo enxerdar nada que os incapacite a pertencer à nossa Ordem Maçônica, pois são pessoas perfeitamente normais, diferindo de mim ou de você, apenas na opção sexual. E essa opção sexual só se manifesta no íntimo da relação a dois, ou seja, apenas entre quatro paredes.
    Portanto, considero que para esses homens não há nada que os impeça de serem Iniciados.

    Reply
  • Avatar

    Total absurdo, . a vida Pessoal de cada um diz respeito ao proprio, não é a sexualidade de alguém que vai o fazer ele mais maçom ou menos maçom, tenho amigo gay que é mais homem do que alguns iir.’. Tenho dito. M.’.I.’.

    Reply
  • Avatar

    Espero que a iniciação tenha ocorrido, pois na Maçonaria regular não existe qualquer restrição com relação à orientação sexual de seus candidatos.
    Aliás, desde 2018 a Grande Loja Unida da Inglaterra aceita em seus quadros transexuais.
    Desta forma, caso o candidato tenha realmente sido iniciado, reconheço-o como verdeiro irmão!
    Que possamos conviver em harmonia, num mundo cada vez mais feliz e tolerante!

    Reply
    • Avatar

      Muito interessante o comentário anterior. Nem tudo que não devemos fazer precisa estar escrito em algum lugar. Os princípios que pregamos na Sublime Ordem bastam. Pra quem sabe ler, um pingo é letra. Pelo pouco que sei, devemos iniciar homens que tenham valores morais e bons costumes…onde ficam os valores da FAMILIA que tanto prezamos? E o Clube das Acácias vai ter um Carvalho…? Tenho dito!

      Reply
    • Avatar

      Concordo com as respostas dos irmãos, só não estou conseguindo achar ” Homens livres e de bons costumes” em apoiar o homossexualidade, até porque nós verdadeiros maçons nos apoiamos em um dos três pilares, a família e não se faz família com o mesmo sexo. Não vou entrar na esfera espiritual. Vamos estudar meus amados e queridos irmãos.

      Reply
      • Avatar

        Perfeito !

  • Avatar

    Sou a favor da família! Não concordo que seja um retrocesso!

    Reply
  • Avatar

    Meus iir.’. o grande problema e que se houve as sindicâncias exercidas por mm.:. Idôneos, já deveria ser tomada as devidas providências, pois o regimento normativo de loja, diz o que e ou não permitido.

    Reply
    • Avatar

      Meus irmãos esta é uma opinião muito particular.
      Onde fica os valores familiares , Que tanto prezamos ?
      Se somos “homens” de bons costumes , se precisamos autorização de nossa esposa , (pelo menos na Grande Loja é assim) para entrar na Ordem , como fica essa situação?
      No meu entender : Acho que o erro parte de quem indicou , e da loja que não deveria nem receber a pré-proposta…
      Me desculpem meus irmãos é a minha opinião.

      Reply
      • Avatar

        Meus irmãos, tema muito polêmico, sem dúvida. Porem, entendo que o homem que trai sua família com prostitutas por aí é imoral. Que fazer com eles? E aqueles que batem em suas esposas? São pilares de uma família sólida??? O que faz um homem ser livre e de bons costumes não é sua condição sexual, mas a sua atitude frente ao mundo. Seu comportamento ético, solidário, seu caráter reto.
        A sexualidade do cidadão, homem ou mulher, só interessa a quem o desejar sexualmente. Assim como o sexo biologico dele só interessa a ele e ao seu médico.
        Isso não muda a qualidade de caráter que ele tenha. Nem melhora , nem piora.
        Não sou homossexual. Mas respeito muito quem é. Essa condiçao nao define como inimigo ou nao confiavel. Essa nao é uma régua de caráter.
        A meu ver.

    • Avatar

      Os nossos Regimentos são claros e devemos obedece-los.
      Nada contra a opção sexual mas…
      TFA

      Reply
  • Avatar

    Creio que o tema em questão (homossexual pode ser Maçom?) Começa a ser fonte de acalorados debates em nosso país. Nos EUA esse debate já estaria mais ou menos encaminhado a um desfecho favorável aos homens homossexuais.

    Mas é assim mesmo que acontece. Todas as verdades são postas em discussão ao longo do desenvolvimento humano. Com a Maçonaria não será nem um pouco diferente.

    As questões polêmicas são postas em debate. De um lado temos a TESE (o senso comum atual: homossexuais não podem ser aceitos na Ordem), do outro lado temos a ANTÍTESE (não há problema em homossexuais serem Maçons). Por fim, da discussão entre a tese e a antítese, temos a SÍNTESE, que, uma vez consolidada, passa a ser a nova Tese. E assim segue o ciclo da dialética do desenvolvimento humana. Nada de novo sob o céu. Um dia, aceitaremos homossexuais, mulheres e pessoas com deficiência na Maçonaria, aí perderemos o quão rica nossa amada Ordem ficou.

    Reply
    • Avatar

      Vendo todos esses atos e princípios imaginando ter todas as qualidades necessárias para ser iniciado sigo a minha vida um dia terei esta honra de pertencer a esta tão honrosa fraternidade.
      No momento somente sigo pensando” Como é honroso para um homem ser maçom “,
      Quanto ao assunto tratado no texto acima o assunto vem causando polêmica há muito tempo fora da sociedade maçonica nas igrejas e também .
      Meu ponto de vista acho totalmente contrario a natureza somente isso ,claro se for usar princípios religiosos iria mais além mas aprendi nos textos que acompanho no Site enviados ao meu e-mail assinada por alguém que já chamo de amigo mesmo sem conhecer pessoalmente (Antonio Jorge),que não se deve introduzir religião .
      No mais busco todos os dias obter os requisitos aqui citados com a certeza que mesmo que nunca seja iniciado seja ao menos melhor ser humano “As pessoas admitidas na qualidade de membros da loja devem ser homens bons e leais, de nascimento livre, de idade madura e razoável, de boa reputação. São proibidos na maçonaria escravos, mulheres e homens imorais, cuja conduta seja motivo de escândalo.”

      Reply
  • Avatar

    Espero que a Iniciação seja cancelada por concordar com os argumentos do requerente.
    Penso que deveríamos emitir instrução específica quanto a inadequação das indicações de pessoas que não se enquadram em nossas exigências.

    Reply
    • Avatar

      No instante que se permita a iniciação na maçonaria de gay, que leve uma vida honesta e um comportamento sócio familiar com seu companheiro, é o primeiro passo para permitir admissão de casais. Em que o companheiro do gay é mais especial do que a minha companheira?

      Reply
      • Avatar

        Parabenizo a decisão.
        Caros IIr.; a muitos foge a real interpretação do profundo significado de ( Homens Livres e de Bons Costumes )
        Devemos nos orientar pela real sabedoria, e compreender que ser livre, também significa sermos livres de nossos desejos carnais não naturais a nossa essência, e que quando deixamos os desejos carnais nos dominar nos tornamos prisioneiros de nosso corpo, existe um motivo pelo qual encarnados em homem e em mulher. Aquele que contrária a própria essência da existência divina, não será jamais um Homem (Ser) Livre.
        Aceitar as escolhas de outros não quer dizer, concordar com suas ações.
        O desejo de todo Homem de ser livre, deve permear a cantos mais obscuros de nossa íntima alma.
        Os princípios que está foi fundada, requer respeito e uma compreensão à qual observo que alguns aqui não os tem.
        Livres e de Bons Costumes, sejam todos aqueles que desejam ser dos seu egos e desejos físicos.
        Observem o pilar da FAMÍLIA.
        Atente que muitos que aqui já estão, desejam subverter os bons costumes e a corromper o caminho a percorrer.
        TFA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *