O malhete

Malhete

Termino hoje uma pequena série dedicada a referenciar blogues dedicados à temática da Maçonaria, aos quais, aqui no A Partir Pedra, reconhecemos qualidade e interesse. Para nós, blogues de qualidade de temática idêntica à nossa não são concorrência nem ameaça. São blogues irmãos, todos difundindo um ideal comum e fonte de ensinamentos e inspiração.

Não poderia, por consequência, deixar esquecido o blogue (é assim que eu escrevo, por ser esta a palavra portuguesa que corresponde ao termo da língua inglesa blog) O Malhete, cuja qualidade e difusão no meio maçónico devem ser realçadas.

O blogue O Malhete está associado ao jornal eletrónica O Malhete, Informativo Maçônico Online, filiado à ABIM, Associação Brasileira de Imprensa Maçônica. Este jornal eletrónico é de publicação mensal e ampla e gratuita difusão. Muitos dos textos do blogue são também publicados no jornal eletrónico.

Ambos, blogue e jornal eletrónico, são editados pelo Irmão Luiz Sérgio de Freitas Castro. de Linhares, Espírito Santo.

Trata-se de um blogue que contém uma mescla de textos informativos e de divulgação, designadamente relativamente a ativida maçónica, e textos de estudo e análise.

Luiz Sérgio Castro recolhe e publica textos de vários conhecidos e apreciados Irmãos que se dedicam à escrita sobre temas maónicos. A título de exemplo, e sem desprimor para os que injustamente não mencione, uma rápida resenha do blogue permite-nos encontrar textos de João Anatalino, Kennio Ismail, Barbosa Nunes e Hercule Spoladore.

Também são neste blogue republicados textos recolhidos em outros blogues. Numa também sumária busca, encontram-se textos anteriormente publicados em O Ponto dentro do Círculo, No Esquadro, MS Maçom e também no A Partir Pedra. Também o informativo diário JB News serviu de fonte para publicação neste blogue.

Este blogue é assim a modos que uma compilação do que, segundo o critério do seu responsável, de melhor se escreve sobre maçonaria em língua portuguesa, para além da vertente informativa que decorre da sua associação ao jornal eletrónico com o mesmo nome.

Consulta-se com prazer e proveito e é um dos blogues que periodicamente espreito. Gosto nele ainda particularmente da sua divisa. Consultar este blogue é relembrá-la. Tê-la sempre presente ajuda a ter os pés assentes na terra e a cabeça no sítio: Se extinguirmos a vaidade, a Maçonaria será perfeita

E como aos meus Irmãos desejo que possam ter pelo menos tanto como eu, aqui deixo a referência ao O Malhete.

Rui Bandeira
Publicado no Blog “A partir pedra”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *