O futuro da Maçonaria em Inglaterra – um relatório

Um relatório do The Social Issues Research Centre – 2012

Prefácio

Nigel Brown - Grande Secretário da Grande Loja Unida de Inglaterra (UGLE)
Nigel Brown – Grande Secretário da Grande Loja Unida de Inglaterra (UGLE)

À medida que o tricentenário da Grande Loja Unida de Inglaterra se aproxima, sentimos que é importante marcar a ocasião com um debate robusto e aberto sobre o que significa ser um Maçom na sociedade contemporânea, e o que isso vai significar para as futuras gerações. Como a mais antiga organização fraternal do mundo, a Maçonaria funda-se em princípios de honestidade, bondade e justiça – valores intemporais, que são tão relevantes para o mundo de hoje quanto eram trezentos anos atrás, quando foram estabelecidos.

Estes ideais mantiveram-se inalterados ao longo da história da Maçonaria e, esperamos, continuem a fazê-lo, enquanto a organização prosperar. Mas, é importante notar que, enquanto mantém estes ideais centrais, a Maçonaria no século XXI tornou-se uma fusão do antigo e do novo, de tradição e inovação, e, portanto, se encaixa confortavelmente no mundo moderno.

“os Maçons modernos estão ansiosos para acabar com os mitos e equívocos que há muito tempo cercaram a organização” Para fazer isto, ficou claro que precisávamos recorrer a ajuda de um órgão independente para embarcar numa avaliação imparcial. Ao fazer isto, antecipámos a formação de uma discussão que não só ofereceria um relato aberto e transparente da Maçonaria para aqueles que estão fora da organização, mas também proporcionaria um ponto de vista renovado para aqueles dentro dela.

Foi com estes objectivos em mente que nos aproximamos do Social Issues Research Centre (SIRC) para realizar esta pesquisa. Além de oferecer a especialização antropológica que constitui o pano de fundo de grande parte deste relatório, eles propuseram-se a compilar as visões e opiniões de um grupo tanto de maçons quanto de não maçons. Como resultado, O Futuro da Maçonaria oferece um comentário perspicaz e oportuno, não apenas sobre a organização que se propôs a examinar, mas também sobre as complexas interacções, percepções e valores da própria sociedade moderna.

Ao olharmos para os próximos trezentos anos, este relatório constituirá uma parte intrínseca de nossas discussões sobre a melhor forma em que Maçonaria pode evoluir, mantendo o carácter distintivo e os ideais que atraíram membros ao longo dos séculos, e esperamos fazê-lo pelos próximos séculos.

Nigel Brown
Grande Secretário da Grande Loja Unida de Inglaterra (UGLE)

Uma excelente tradução feita por José A. S. Filardo

O relatório completo pode ser consultado abaixo:

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *