A constituição de Anderson

Constituição de Anderson

A Constituição de Anderson – como é mais conhecida a Constituição que regula os Francos-Maçons desde 1723 – é considerado o principal documento e a base legal da Maçonaria Especulativa e que aos poucos foi substituindo os preceitos tradicionais que até então regulavam as actividades da Maçonaria Operativa.
Foi escrita por James Anderson, que era maçon, mestre de uma Loja Maçónica, e um Grande Oficial da Loja de Londres em Westminster. Apoiado pela Grande Loja, em Setembro de 1721, escreveu uma história de maçons, que foi publicada em 1723 como a Constituição dos Maçons Livres ou a Constituição de Anderson. O nome de Anderson não aparece na folha de rosto do livro, mas sua autoria está declarada em um apêndice. A Constituição foi também editada e reproduzida por Benjamin Franklin em Filadélfia em 1734, sendo o primeiro livro maçónico impresso na América.
Cada Rito Maçónico tem suas características particulares, assemelhando-se ou divergindo do outro em aspectos gerais, em detalhes, mas convergindo em pelo menos um ponto comum: a regularidade maçónica, isto é, o reconhecimento internacional amparado pela Constituição de Anderson.
São os regulamentos consagrados na Constituição de Anderson, considerados o fundamento e pilar da Maçonaria moderna, que obrigam à crença em Deus. Consequentemente o não cumprimento deste critério fica desde então designada a actividade maçónica como irregular.
Para ser membro da Maçonaria não basta a autoproclamação, por isso é necessário um convite formal e é obrigatório que o indivíduo seja iniciado por outros maçons, cumpra os seus juramentos e obrigações, e esteja integrado numa Loja regular, numa Grande Loja ou num Grande Oriente, devidamente consagrados, segundo as terminologias tradicionais, ditadas pelos Landmarks da Constituição de Anderson.

Texto de Autor Desconhecido

É possível consultar um exemplar da Constituição de Anderson impressa em 1734 por Benjamim Franklin no Link http://digitalcommons.unl.edu/cgi/viewcontent.cgi…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *