História da Maçonaria VIII – 1821 a 1830

1821-1830

  • 1821
    • Surge na Espanha a organização dos Comuneros como movimento do Maio exaltado, com carácter político e por este motivo enfrenta-se com o G:. O:. Foram conhecidos como os protestantes da Maçonaria. Atingiram uma grande difusão chegando a ter entre 40.000 e 60.000 membros, muitos de baixo nível social.
    • Abril 23 – Fundada a G:. L:. de Missouri (USA).
    • Junho 11 – Fundada a G:. L:. de Alabama (USA).
    • Setembro 13 – O Papa Pio VII lança a Bula Ecclesiam a Jesus Christo contra a carbonaria, considerada como uma nova condenação da maçonaria, esta de carácter indirecto.
    • Setembro 18 – Movimento revolucionário em Madrid, de comuneros e maçons para implantar a República.
  • 1822
    • Estabelecido o carbonarismo na Espanha.
    • Congresso da Santa Aliança em Verona, onde o antigo ministro prussiano Haugwitz, ex-maçon, ataca a maçonaria culpando-a de ter como fim a Revolução Francesa e o assassinato dos reis. O Rei da Prússia Frederico Guilherme III emite uma posição favorável à maçonaria.
    • D. Pedro I

      Maio 13 – O irmão Domingos Alves Branco Barreto Munis outorga a Dom Pedro I, em sessão maçónica, o título de Defensor Perpétuo do Brasil.

    • Junho 17 – Fundação do G:. O:. Brasílico, do Brasil, trabalhando no Rito Adoniramita, sendo seu primeiro G:. M:. o irmão José Bonifácio de Andrada e Silva. Na época existia a Loja Comércio e Artes e, para cumprir com o requisito de haver, no mínimo 3 Lojas a funcionar para obter o reconhecimento como G:. L :., Gonçalves Ledo dividiu-a em 3 Lojas.
    • Agosto 01 – Interdição da maçonaria na Rússia. (Fonte: Anuário do G:. O:. B:. 1915)
    • Agosto 02 – O G:. M:. do G:. O:. Brasílico propõe e é aprovada a iniciação de Dom Pedro D’Alcántara, Príncipe Regente do Brasil, cerimónia que é realizada na Loja Comércio e Artes. Dom Pedro adopta o nome simbólico de Guatimozín.
    • Agosto 05 – O G:. O:. do Brasil, em sessão extraordinária presidida pelo 1º G:. V:. Gonçalves Ledo, aprova que o irmão Guatimozín (D. Pedro I) seja exaltado à M:. M:. , sendo-lhe conferido o referido grau pelo V:. M:. Manoel dos Santos Portugal da Loja Comércio e Artes Nº 1.
    • Agosto 06 – O Czar Alexandre I estabelece a interdição da maçonaria na Rússia e na Finlândia, após o Congresso da Santa Aliança celebrado em Verona. Antes, ao assumir o trono, Alexandre I já proibira a maçonaria, mas em 1803, permitia as reuniões maçónicas, sendo que ele mesmo tinha sido iniciado. Mas, sob a influência da Igreja Ortodoxa e por inimigos do liberalismo, volta a proíbir a maçonaria.
    • Setembro 09 – Em sessão extraordinária do G:. O:. do Brasil presidida pelo 1º G:. V:. Gonçalves Ledo, por impedimento do G:. M:. Bonifácio Andrada, é exigida a proclamação da independência do Brasil e da Realeza Constitucional na pessoa do Príncipe Dom Pedro.
    • Setembro 14 – Dom Pedro I assume o cargo de G:. M:. do G:. O:. do Brasil.
    • Outubro 25 – Dom Pedro I, G:. M:. do G:. O:. do Brasil, em comunicação dirigida a Gonçalves Ledo, suspende os trabalhos Maçónicos, aparentemente pelas discrepâncias políticas entre Gonçalves Ledo e José Bonifácio.
  • 1823
    • É iniciado em Santiago do Chile, Giovanni Maria Mastai Ferretti, futuro Papa Pio IX, na época Secretário do Núncio Apostólico.
    • Maio 25 – Fundado o G:. O:. de Haiti.
    • Maio 25 – Decreto do rei de Portugal suprime a Maçonaria no seu reino. (Fonte: Nicola Aslan em História da Maçonaria).
    • John Harris, pintor inglês, que tinha sido iniciado em 1818, e que em 1821 produziu um conjunto de Painéis, apresenta ao G:. M:. da G:. L:. Unida da Inglaterra, Duque de Sussex, a sua proposta de Painéis para os 3 graus simbólicos, que teve grande aceitação.
    • Fundada uma G:. L:. em Illinois (USA) que encerra pouco depois aparentemente devido a deficiente administração. (Fonte: Coil´s Masonic Enciclopedia).
  • 1824
    • Abril 21 – Fundação da G:. L:. e do Supr:. Cons:. do Grau 33 da República da Grande Colômbia. (Colômbia com Venezuela estavam unidas formando a Grande Colômbia, por tanto, os dois órgãos Maçónicos regiam, também à maçonaria na Venezuela. A separação aconteceu em 1830).
    • Abril 30 – Dom Miguel, segundo filho de Dom João VI, proclama em Portugal: “Longa vida para o Rei! Longa vida para o catolicismo! Morte e destruição aos sacrílegos maçons livres”.
    • Junho 24 – É consagrada a G:. L:. da Grande Colômbia, sendo seu primeiro G:. M:., Diego Bautista Urbaneja. Hoje esta G:. L:. chama-se G:. L:. da República de Venezuela.
    • Agosto 01, Setembro 25, Outubro 09 – Fernando VII, rei da Espanha, renova decretos ordenando a dissolução da maçonaria e a perseguição dos maçons que, no prazo de 30 dias, não pedirem indulto. (Fonte: João Antunes em A Maçonaria Iniciática)
    • Rendição de maçons e carbonários em Terife e Marbella, Espanha. São fuzilados vários conjurados.
    • Dezembro 08 – Na véspera da grande batalha de Ayacucho, Peru, que iria a decidir a liberdade dos países da América espanhola, vários oficiais dos exércitos patriota e espanhol reúnem-se numa cerimónia maçónica. A Loja espanhola recebe a visita da Loja dos patriotas sul-americanos. Tenta-se uma solução para evitar o derramamento de sangue, mas não existe acordo.
    • Batalha de Ayacucho

      Dezembro 09 – Antes do início da batalha de Ayacucho, um maçon espanhol solicita permissão para que familiares e maçons que militavam nos diferentes exércitos, fossem autorizados a abraçar-se pela, que para muitos, seria a última vez.

  • 1825
    • Fevereiro 25 – Em Madrid, são presos 50 estudantes, por terem fundado uma Loja Maçónica. (Fonte: Anuário do G:. O:. B:. , 1915)
    • Março 13 – O Papa Leão XIII lança a Bula Quo Graviora contra a maçonaria, carbonários e seita universitária.
    • Março 26 – O Papa Leão XIII proíbe “in totum” a obra Observações Pacifistas Sobre o Poder Eclesiástico, de Félix Torres Amat, Arzobispo de Palmyra e Bispo de Astorga, maçon. Na obra, o irmão Torres Amat ataca a infabilidade do Papa, defende a liberdade de imprensa e propõe alterações na disciplina da Igreja na Espanha.
    • Pese embora ter sido eleito G:. M:. da maçonaria espanhola, o Infante Francisco de Paula de Borbón, Fernando VII continua a perseguição em contra da maçonaria e 10 militares maçons são enforcados.
    • Fundada a G:. L:. Nacional Mexicana.
  • 1826
    • Caso Morgan nos USA. William Morgan (que se autodenominava Capitão), que tinha supostamente pertencido a uma Loja anunciou a publicação de um livro Freemasonry Exposed, com os segredos Maçónicos, provocando indignação entre os maçons. O livro foi publicado por um movimento denominado Partido Antimaçónico; três meses mais tarde, alguns maçons cometem o gravíssimo erro de o raptar. Mais tarde, é acusado de estelionato e, no caminho da prisão, perto das Cataratas do Niágara, desaparece, sendo acusada a maçonaria da sua morte. Uma versão diz que os raptores afogaram Morgan no rio Niagara. Outra diz que ele escapou, atravessou a fronteira e viveu o resto da vida no Canadá ou que a Maçonaria teria dado dinheiro para ele nunca mais aparecer. A opinião pública ficou indignada contra a Maçonaria e as Lojas esvaziaram-se. O número de lojas em Nova York caiu de 480 em 1825 para 75 apenas 10 anos mais tarde. Foi só quando o país se começou a preocupar com a guerra civil que os maçons voltaram a ganhar popularidade.
    • Sublevação maçónica na Espanha, denominada “dos Bazán”. Fracassa e são fuzilados 6 militares.
    • O Czar Nicolas I, sucessor de Alexandre III, confirma a interdição da maçonaria na Rússia, assustado pela revolta denominada “dos dezembristas” e que o Czar pensou ser de inspiração maçónica.
    • Lançada pelo G:. M:. da maçonaria inglesa a pedra fundamental da Universidade de Londres.
    • Setembro 14 – Fundada a G:. L:. de Michigan (USA).
  • 1827
    • Janeiro 13 – Primeira Convenção do Partido Antimaçónico, em Seneca, NY, EEUU. (Fonte: Descartes S. Teixeira em Anti-maçonaria)
    • Fundado o G:. O:. Colombiano.
  • 1828
    • Fevereiro 01 – O Conde de Espanha ordena o fuzilamento de 4 maçons.
    • Agosto 01 – Proíbem-se na Espanha, sob pena de morte, as reuniões maçónicas.
    • Outubro 25 – O Congresso mexicano extingue a G:. L:. mexicana.
    • Novembro 08 – Simon Bolívar decreta em Bogotá o encerramento de todas as associações secretas, incluindo a maçonaria, após ter sofrido atentado contra a sua vida em 25 de Setembro. Existe uma confissão feita por Bolívar ao escritor maçónico Louis Peru de la Croix, oficial francês do seu exército, reconhecendo que, “por simples curiosidade, ingressou na maçonaria tendo recebido o grau de Mestre em Paris, mas afastou-se posteriormente, ao verificar que era uma associação ridícula formada por mentirosos e bobos úteis, enganados”.
    • Novembro 19 – O Conde de Espanha ordena o fuzilamento e posterior enforcamento do cadáver do Coronel Santos José Ortega, maçon.
    • Dezembro 07 – Fundada a G:. L:. de Viena.
  • 1829
    • Fevereiro 26 – Seis maçons são fuzilados na Espanha.
    • Gálvez, maçon, chefe do exército espanhol, é fuzilado em Barcelona por ordem de Fernando VII.
    • Março 12 – Carta Patente do Supr:. Cons:. para os países Baixos, mais tarde denominado Supr:. Cons:. da Bélgica, autoriza Francisco Gê de Acaiaba e Montezuma a fundar um Supr:. Cons:. no Brasil.
    • Maio 21 ou 24 – O Papa Pio VIII lança a Bula Traditi Humilitate.
    • Fundado o Sup:. Cons:. do grau 33 de Brasil.
  • 1830
    • Janeiro 30 – Na Polónia é decretado o encerramento de todas as Lojas, acusadas de praticar política.
    • Fevereiro 11 – Fundação do Supremo Conselho do Peru.
    • Forma-se uma Junta de exilados espanhóis em Perpignan, dirigida pelo irmão Calatrava.
    • Julho 05 – É reinstalado o G:. O:. do Brasil, ocupando o cargo de G:. M:., José Bonifácio com a colaboração de Gonçalves Ledo. 82 dias depois a Loja de Gonçalves Ledo é declarada irregular por José Bonifácio, já que sendo do Rito Escocês, Gonçalves Ledo recusava elevar ao grau 18, vários partidários de José Bonifácio por serem originários de outro Rito, o Moderno.
    • Junho 23 – Johann Wolfgang Goethe, o maior escritor da Alemanha, celebra seu jubileu maçónico aos 81 anos de idade
    • Julho 09 – Fundada a G:. L:. de Florida (USA).
    • Lucinda Pendleton Morgan, ex esposa de William Morgan, casa com George W. Harris, maçon, e mais tarde convertem-se ambos ao mormonismo.

Fonte: Project Mayhem

Partilhe este Artigo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *