A pintora Larysa Kalinichenko

Por iniciativa do Venerável Mestre da Loja Mestre Affonso Domingues, I:. Rui Bandeira, realizou-se em Dezembro passado uma sessão “de demonstração” que se poderia ter chamado de “Maçonaria quase a descoberto“, onde os familiares e convidados dos Irmãos da Loja puderam contactar não só com o Templo, mas também com toda a simbologia aí existente e ainda com partes do cerimonial.

Tratou-se de uma sessão onde quase tudo foi mostrado, onde foi possível fazer perguntas e obter respostas e que (de acordo com opiniões recolhidas) terá cumprido o seu duplo propósito:

  • Aproximar os Irmãos e todos os que os envolvem – famílias e amigos.
  • Desdramatizar a Maçonaria e as suas práticas.

Foi com grande surpresa e alegria, que descobri hoje que essa sessão deu origem a dois quadros da autoria da Pintora Larysa Kalinichenko, que se inspirou no que viu e ouviu. Apresento-vos os quadros:

Três livros Sagrados

Este quadro foi inspirado em toda a simbologia existente dentro do Templo e tem a característica de ser um díptico horizontal em que as duas partes podem rodar e constituir quatro versões diferentes do mesmo quadro:

Com o Título “Reflexão“, a visita serviu também de inspiração para o seguinte quadro:

Á pintora a quem tenho a honra de poder tratar como Cunhada, fica o meu (nosso) emocionado Muito Obrigado por estes excelentes trabalhos. Mal podemos esperar por ver os próximos.

António Jorge

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *