Irmão adormecido

sleepwalker

Muitas vezes ouvimos alguém dizer: “aquele Irmão está adormecido“, “aquele ali é um Maçom adormecido“, e outras expressões parecidas.

Mas afinal, o que é um “Irmão Adormecido”? Se tiver uma resposta como por exemplo, que é aquele Irmão que pediu o seu Quite Placet e está há muito tempo sem frequentar uma Loja Maçónica, podemos até concordar em certo ponto, porém, há outra forma de intitular um verdadeiro “Irmão Adormecido”, ou até mesmo num “Coma Induzido”.

O Irmão adormecido por muito tempo, na verdade, é como um passarinho caído do ninho, que desaparecerá sem deixar vestígios, mas, temos também aquele que encontramos em “todas”.

Num ponto de vista, o Irmão Adormecido é aquele que está Regular com a sua Loja, que está em dia com as suas mensalidades, que vez ou outra participa no ágape, mas, quando participa, está presente em algumas Sessões apenas para cumprir com o número mínimo de presenças.

O Irmão Adormecido é também aquele que quando comparece aos trabalhos, muitas vezes atrasado, não sabe o seu lugar na formação do cortejo de entrada, abre a sua pasta e não encontra o seu ritual, quando o encontra não sabe a página em que o deve abrir, não sabe o que deve ler ou dizer quando ocupa um cargo e por aí vai.

Irmão Adormecido é também aquele que durante os trabalhos está de olhos fechados, acreditando que aqueles que o estão a ver, acham que está a meditar sobre as instruções que estão a ser transmitidas; no entanto, tem o pensamento lá fora, olhando para o relógio e contando os minutos para o encerramento da Sessão, muitas vezes já ansioso para saber o menu e o local do ágape.

Irmão Adormecido é aquele que só retira o seu Ritual no dia da Sessão, que não lê, que não escreve ou apresenta uma Peça de Arquitectura, sempre com a desculpa de que não teve tempo para isso.

Irmão Adormecido é aquele que só é reconhecido como Maçom perante os seus Irmãos em Loja, vestido com o seu Avental mas que, longe dali, se torna num simples mortal, um profano.

Portanto, não podemos esquecer aquele Irmão regularmente adormecido, ou seja, que está Quite com a sua Loja mas, nunca deixou de colocar em prática os ensinamentos que  obteve em Loja, que nunca deixou de ler livros e Peças de Arquitectura, que nunca deixou de estender as suas mãos a um outro Irmão.

Na prática, o Irmão adormecido é aquele que está de posse do Quite Placet, embora tenhamos também o Maçom “entorpecido”, aquele que está regular porém inactivo em relação aos trabalhos Maçónicos. Movimenta-se como um ser sem vida e é incapaz de olhar para os lados onde estão os seus irmãos.

Então, antes de intitularmos um Irmão Adormecido, temos primeiro que avaliar a sua conduta, a sua inteligência, a sua capacidade, as suas qualidades e principalmente o seu carácter e personalidade no mundo profano, muitas vezes melhor que um Irmão Regular.

Nivaldo Tono

Artigos relacionados

Partilhe este Artigo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *