O segredo maçónico

segredoEm muitas ocasiões, ouvimos dizer que o segredo é algo inerente à Maçonaria. Noutras ocasiões, irmãos argumentam que o segredo diz respeito somente aos sinais toques e palavras, sendo a ordem uma instituição discreta – e não secreta. Qual é, portanto, o verdadeiro segredo da maçonaria?

Pelo exposto no ritual, a maçonaria possui uma obscuridade inerente às instituições iniciáticas do fim da era medieval para início da era moderna. Como a dificuldade de impressão era grande e os ensinamentos eram passados directamente nas sessões, os maçons operativos instituíram o segredo como o artifício necessário para o domínio da arte da construção dos templos, actividade ligada aos trabalhos maçónicos na sua essência.

Com o fim do período operativo e início do período especulativo (no qual conhecemos a maçonaria com suas formas actuais), os sinais, toques e palavras consolidaram-se como forma de reconhecimento maçónico e o eixo de ensino institucional passou de operativo para moral. Assim, a maçonaria constituiu-se como uma instituição voltada para disseminar os ideais da moral e dos bons costumes, o que enfatiza a expressão “livre e de bons costumes”, presente em diversas passagens nas nossas sessões.

Oriunda de uma época em que a igreja e os governos perseguiam as instituições que proclamavam a liberdade em detrimento da tirania, a maçonaria optou pela discrição e o segredo para passar os seus ensinamentos e construir a sua “obra”, voltada para propagar a liberdade como princípio, a igualdade como base e a fraternidade, regendo todos as acções humanas.

Diante de tal panorama, o segredo maçónico nada mais é do que manter uma boa moral, conduzindo a vida de modo simples e fraterno, sem deixar de se preocupar com a família, os irmãos da maçonaria e, sobretudo, com o progresso da sociedade. O segredo maçónico é algo que muitos profanos buscam e, ao descobrir os sinais, toques e palavras (disponíveis na internet e em livros e rituais que estão para venda), acreditam que descobriram o “grande segredo da maçonaria” e assim sabem mais do que aqueles que não foram iniciados.

O segredo da maçonaria constitui-se no progresso e aperfeiçoamento pessoal, irradiando os bons valores relembrados (e não ensinados) pela instituição para as demais pessoas que compõem a sociedade. Este segredo somente pode ser atingido pelos verdadeiros iniciados, aqueles que de facto compreenderam o verdadeiro segredo da maçonaria – algo que muitos irmãos ainda não conseguiram absorver e, por várias vezes, deixam a ordem. Este segredo é construído passo a passo, grau a grau, dia a dia nas sessões realizadas. E, se um profano perguntar: o que você ganha por pertencer à maçonaria? Resposta: é segredo, mas se você quiser, um dia poderá buscá-lo por si mesmo…

Tiago Valenciano

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *