Como entrar para a Maçonaria

Partilhe este Artigo:

porta aberta, entrar, ingressar

Chegam diariamente ao Freemason.pt, perguntas sobre como entrar para a Maçonaria e até pedidos para que intercedamos nesse sentido.

Começo por deixar claro que ninguém entra para a Maçonaria através do Freemason.pt. Nós disponibilizamos informação e conhecimento sobre a Ordem e sobre os Maçons e, de modo algum, funcionamos como “porta de entrada”. Para que fique claro, não nos peça… não o(a) conseguimos ajudar a entrar para a Maçonaria.

Contudo, talvez seja possível dar algumas pistas:

O processo habitual é ser-se convidado por alguém que já é Maçom. Mas, o que fazer se não conhecermos ninguém que o seja?

É possível conseguir entrar, frequentando por exemplo fóruns ou grupos das redes sociais, participando e demonstrando interesse, bem como que se tem o necessário para se poder ser Maçom. Há também algumas Obediências que aceitam candidaturas por email, pelo não custa contactar a Grande Loja da área onde reside e perguntar; a maioria está presente na Internet, e se não conseguir encontrar o endereço por si próprio(a), então talvez a Maçonaria não seja para si – não se dedica o suficiente a encontrar respostas.

É no entanto fundamental que o “candidato” verifique se cumpre alguns requisitos:

  • Se é um homem (mulher no caso da Maçonaria Feminina ou Mista) bom, sincero, livre de nascimento, de idade madura e com boa reputação;
  • Se crê na existência de um princípio Criador, de um Deus, tenha ele o nome que tiver, caso queira entrar para a Maçonaria Regular.
  • Se é um homem (mulher) livre e de bons costumes, sem nada que lhe possa ser socialmente ou legalmente apontado. A maior parte das Obediências exige uma Certidão de Registro Criminal.
  • Se é consciente dos seus deveres para com a pátria, os seus semelhantes e consigo mesmo.
  • Se se preocupa com os outros e com a sociedade em geral. A Maçonaria quer Membros envolvidos – pessoas que gostem de pessoas.
  • Se tem uma profissão ou ofício lícito e honrado que lhe permita prover as suas necessidades pessoais e as da sua família, assim como o custo de pertencer à Ordem.
  • Se for casado(a) (ou equiparado), se tem a concordância da(o) esposa(o). A ordem exige tempo e dedicação a causas sociais, seja doando tempo ou dinheiro, mas nada que sacrifique a família. Se o Maçom for casado(a), é importante que o(a) cônjuge seja compreensivo(a), aceite estas doações e até que participe em alguns projectos
  • Se tem tempo disponível para dedicar à Maçonaria e às suas causas.
  • Se tem tempo disponível para dedicar ao estudo que a sua adesão vai implicar.
  • Se é discreto(a) na sua actuação e capaz de guardar para si o que vir ou ouvir, relativamente à Ordem e aos seus Membros.
  • Se considera ter intelecto suficiente que lhe permita a compreensão do simbolismo e da filosofia maçónica.
  • Se pretende entrar para a Ordem, para servir e não para se servir. Se acha que a Maçonaria lhe pode trazer riqueza, bens materiais, negócios, etc., não perca os seu tempo – esses desejos serão certamente detectados durante o processo de adesão e a sua candidatura será recusada. Caso ainda assim, consiga entrar, será certamente uma desilusão concluir que o que pode obter da Maçonaria, nada tem de material. Ao contrário do “folclore” que alimenta a crença de muita gente, a Maçonaria não é uma sociedade secreta e exerce as suas actividades exclusivamente com o respeito das normas sociais, da legalidade e do estado de direito democrático.

Para terminar, caso decida participar em fóruns ou em grupos nas redes sociais, demonstre o que é e quem é, faça perguntas que mostrem o que sabe e o que não sabe e tente mostrar o seu nível cultural e de conhecimentos. Já agora, escrever Português mal, com erros, com frases mal formadas ou fazer afirmações ofensivas e/ou que pretendam demonstrar um nível de conhecimentos que não tem, não vai certamente ajudar.

Lembre-se que a aceitação do pedido de entrada na Ordem depende bastante da declaração de motivos do(a) candidato(a). A Ordem espera que o(a) candidato(a) seja sincero(a) perante a sua própria consciência. Quando alguém se candidata para ingressar na Maçonaria, é verificado em inquirição se dispõe das condições necessárias, e mentir, inventar ou deturpar, não são boas formas de actuação.

António Jorge

Artigos relacionados

Partilhe este Artigo:

6 thoughts on “Como entrar para a Maçonaria

  • Avatar

    Artigo muito esclarecedor conteúdo de alta relevância pois me ajudaram a sanar algumas duvidas ! Obrigado António Jorge por te-lo conhecido virtualmente e também ser aquele que cara que está sempre a guiar os passos de quem esta no mesmo cominho!continue assim meu amigo e irmão que você vai ajudar muitas pessoas !receba o meu tríplice abraço fraternal!!

    Resposta
  • Avatar

    Me desculpem pela resposta! Mas é verdadeira. Já tive a honrra de ser convidado a entrar na Maçonaria. O q me deixou em dúvida en aceitar foi a arrogância de certos Maçons. Acorreu nos grupos fechados no facebook! Eu disse certos Maçons!
    Com o Sr. Antônio Jorge , gosto de ler seus encinamentos.

    Resposta
    • Avatar

      Bom dia. Leu o artigo????

      Resposta
      • Avatar

        Amigo , Sr : Antonio Jorge
        muito esclarecedor o artigo que descreve a realidade inspiradora da verdadeira maçonaria e maçons como diz não vos enganeis.
        Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.
        Obrigado pela atenção ”.

    • Avatar

      Consegui ler, vou estar pesquisando em minha cidade formas de ser convidado. Muito grato por sua ajuda

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *